Audiência Pública apresenta novos rumos para o transporte coletivo do município

O Secretário de Planejamento Samuel Almeida da Silva , falou do novo processo de concessão do transporte coletivo que será dividido em três lotes (norte, sul, norte-sul). 

 

 

Na noite da quinta-feira (22), aconteceu no anfiteatro da prefeitura municipal uma audiência pública para tratar da nova forma de concessão dos serviços do transporte coletivo municipal. A audiência pública foi conduzida pelo secretário de planejamento do município Samuel Almeida da Silva e contou com a presença de vários secretários municipais,  vereadores, servidores do município, representantes  da sociedade civil e munícipes.

O Secretário de Planejamento Samuel da Silva iniciou a audiência pública apresentando para todos a estrutura e capacidade do sistema de transporte coletivo do município. Mostrou a evolução do transporte coletivo municipal entre os anos de 2015 e 2019. Destacou a redução do subsídio da prefeitura municipal e redução do valor da tarifa para os usuários por dois anos consecutivos, mesmo com os grandes investimentos e benefícios ofertados no transporte coletivo municipal. Conheça os benefícios ofertados aos usuários do transporte coletivo municipal:

 

    • Redução no preço da tarifa em 2 anos consecutivos: De R$ 4,25 para R$ 2,90 em janeiro de 2018, e para R$ 2,65 em abril de 2019 (atualmente a tarifa de transporte público mais barata do Brasil);
    • Domingueira: Tarifa gratuita aos domingos – Lei nº 3.154/2017;
    • Educard: Tarifa gratuita aos estudantes das escolas públicas – Lei nº 3.110/2017
    • Tarifa gratuita para ACS – Agentes Comunitários de Saúde – Lei nº 3.317/2018;
    • Extensão do Educard: Tarifa gratuita para deslocamento de pais ou responsáveis de alunos para escolas e CMEIs – Lei nº 3.110/2017;
    • Tarifa gratuita para os integrantes da Banda Municipal – Lei nº 3.408/2018;
    • Tarifa gratuita para alunos dos cursos e oficinas de artes da Secretaria Municipal da Cultura e Turismo (SMCT) – Lei nº 3.443/2019;
    • Tarifa gratuita para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade e risco social – Lei nº 3.110/2017;
    • WI-FI Grátis: Conexão de internet grátis em todos os ônibus;
    • Tarifa gratuita para responsável pela pessoa com deficiência – Lei nº 3.217/2017.11
    • Integração ponto a ponto: Consiste em uma integração temporal, onde o usuário poderá pegar até 3 ônibus pagando apenas 1 passagem, respeitando o tempo máximo entre as viagens. Resulta em menos usuários nos terminais e economia de tempo de viagem;
    • Tarifa gratuita para Alunos/Atletas dos programas esportivos – Lei Municipal n.º 2421/2012.

 

Investimento:

    • Aquisição de instalação de 500 abrigos de paradas de ônibus cobertos, proporcionando maior conforto ao usuário. Investimento de 3,7 milhões.

 

Economia:

    • Com o encerramento da CMTC, e organizando a gestão do transporte coletivo a fim de torná-lo mais eficiente e menos oneroso, mesmo com os inúmeros benefícios oferecidos à população, o Município segue em um histórico de crescente economia no setor, precisando subsidiar cada vez menos o transporte coletivo, mantendo a qualidade do serviço e aumentando o número de linhas e rotas. Dos R$ 43.500.000,00/ano retirados dos cofres públicos em 2015 para subsidiar o transporte coletivo, em 2018 a Prefeitura de Araucária arcou com apenas R$ 18.996.246,31/ano, uma economia de R$ 24.503.753,69.

 

Gestão Eficiente

Mais benefícios e maior qualidade com tarifa reduzida para os usuários do transporte coletivo municipal tornaram Araucária referência nacional na administração do transporte público.

Nova forma de concessão dos serviços de transporte coletivo de Araucária

De acordo com o Secretário de Planejamento Samuel da Silva,  o contrato de concessão vigente do município com a empresa de transporte coletivo que opera na cidade finaliza em julho de 2020 e dando continuidade aos avanços no setor, o governo municipal propõe dividir a concessão e prestação de serviço do transporte público municipal em três lotes (norte, sul e norte-sul) com o objetivo de melhor atender a população.

Governo Transparente e Participação Popular

A população e representantes da sociedade civil participaram ativamente da audiência pública, levantando questões sobre o novo processo de concessão dos serviços do transporte coletivo do município que prontamente foram esclarecidas pelo Secretário de Planejamento Samuel da Silva.

Araucária como referência nacional

Por muito tempo o nosso município esteve nos noticiários como referência negativa de gestão pública, com sucessivos escândalos políticos, estagnação econômica e social, mesmo sendo considerada uma cidade rica.

Atualmente, os sucessivos destaques positivos nos noticiários mostram uma nova realidade da qual nos orgulhamos fazer parte. Uma cidade com um governo dinâmico, transparente e participativo, que resgata o tempo perdido e promove o progresso do município e o desenvolvimento econômico e social de todos os cidadãos.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image