ūüáßūüá∑ 07 de Setembro – Dia da Independ√™ncia do Brasil

A Independência do Brasil é o feriado em que se celebra a emancipação brasileira do reino de Portugal.

O presidente Jair Bolsonaro desfila em carro aberto no incio do desfile de 07 de setembro

O Dia da Independ√™ncia do Brasil se comemora no dia 7 de setembro de 1822, data que ficou conhecida pelo epis√≥dio do “Grito do Ipiranga”.

A Independência do Brasil deu os primeiros passos às margens do riacho Ipiranga, hoje atual cidade de São Paulo. O Príncipe Regente Dom Pedro ordenou aos soldados que o acompanhavam que jogassem fora os símbolos portugueses que levavam nos uniformes.

Em seguida, gritou “independ√™ncia ou morte” e a partir desse momento, simbolicamente, o Brasil n√£o era mais uma col√īnia de Portugal.

Logo após a Independência, o Brasil continuou a ser uma monarquia, forma de governo onde os poderes são exercidos por um rei ou Imperador.

A primeira na√ß√£o que reconheceu a independ√™ncia do Brasil foi os Estados Unidos. Portugal apenas admitiu a independ√™ncia em 1825, ap√≥s o pagamento de uma indeniza√ß√£o de aproximadamente 2 milh√Ķes de libras.

Atualmente, no dia da Independência do Brasil as escolas promovem desfiles pelas ruas da cidade, enquanto os alunos cantam os hinos da Independência e do Brasil.

As for√ßas militares brasileiras ‚Äď marinha, ex√©rcito e aeron√°utica ‚Äď tamb√©m fazem apresenta√ß√Ķes especiais ao p√ļblico em homenagem a esta data.

O desfile mais solene acontece em Bras√≠lia onde participa o presidente da Rep√ļblica e seus convidados.

História da Independência Brasileira
Com as invas√Ķes napole√īnicas na Europa, a fam√≠lia Real Portuguesa decidiu que seria mais seguro se mudar para o Brasil. Assim, em 1808, a Corte Real desembarcou em terras brasileiras. Em seguida, os portos brasileiros passaram a ser abertos para todas as na√ß√Ķes do mundo. Este foi o primeiro grande passo para o desejo de independ√™ncia do pa√≠s.

Porém, existiam diversos problemas, como as divergências entre os portugueses e brasileiros, a escravidão, a luta por mais autonomia territorial, e etc.

No final de agosto de 1822, depois de se deslocar para São Paulo com o propósito de apaziguar uma rebelião contra José Bonifácio, D. Pedro resolveu romper os laços de união política com Portugal, mesmo com seu pai, o rei D. João VI, pedindo para que ele voltasse a Portugal imediatamente.

Com a emancipação, D. Pedro I foi coroado Imperador do Brasil.

Hino da Independência do Brasil

Letra: Evaristo da Veiga
M√ļsica: D. Pedro I

J√° podeis, da P√°tria filhos,
Ver contente a m√£e gentil;
J√° raiou a liberdade
No horizonte do Brasil.

Brava gente brasileira!
Longe v√°… temor servil:
Ou ficar a p√°tria livre
Ou morrer pelo Brasil.

Os grilh√Ķes que nos forjava
Da perf√≠dia astuto ardil…
Houve m√£o mais poderosa:
Zombou deles o Brasil.

Brava gente brasileira!
Longe v√°… temor servil:
Ou ficar a p√°tria livre
Ou morrer pelo Brasil.

Não temais ímpias falanges,
Que apresentam face hostil;
Vossos peitos, vossos braços
S√£o muralhas do Brasil.

Brava gente brasileira!
Longe v√°… temor servil:
Ou ficar a p√°tria livre
Ou morrer pelo Brasil.

Parabéns, ó brasileiro,
J√°, com garbo varonil,
Do universo entre as na√ß√Ķes
Resplandece a do Brasil.

Brava gente brasileira!
Longe v√°… temor servil:
Ou ficar a p√°tria livre
Ou morrer pelo Brasil.

Fonte: Calendarr

Um novo tempo: ūüáßūüá∑ Resgate do patriotismo

 

√Č muito bom ver o resgate do patriotismo estampado no rosto das pessoas, especialmente na data em que comemoramos a independ√™ncia do Brasil.

Cada um de nós somos responsáveis por construirmos um país cada vez melhor.

As duras li√ß√Ķes do passado mostram como devemos construir o nosso futuro.

Viva o Brasil!

Viva a nação brasileira!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image