07/06 – DIA DA LIBERDADE DE IMPRENSA

Nesta sexta-feira (07), comemoramos no Brasil o Dia da Liberdade de Imprensa. A liberdade de imprensa é o direito que a imprensa tem de ter acesso e publicar livremente informações em forma de notícias nas mídias, sem sofrer qualquer tipo de censura, ou seja, interferência de pessoas, autoridades, instituições (privadas ou públicas), ou do estado.

A liberdade de imprensa é um direito constitucional, também considerada um dos pilares da democracia por incentivar a difusão de múltiplos pontos de vista, o debate, aumentar o acesso à informação, promover a troca de ideias de forma a reduzir e prevenir tensões e conflitos. Contudo, é vista como um inconveniente em sistemas políticos ditatoriais, quando normalmente reprime-se a liberdade de imprensa, e também em um regime democrático, quando a censura não necessariamente se torna inexistente.

Apesar de ser garantida pela constituição brasileira, infelizmente no quesito liberdade de imprensa, estamos distantes de países como a Noruega (1º), Finlândia (2º) e Suécia (3º) que ocupam o topo da “Classificação Mundial da Liberdade de Imprensa” do site Repórter sem Fronteiras, enquanto o Brasil ocupa a 105ª posição no ranking, devido o alto número de ameaças, agressões, assassinatos de jornalistas e comunicadores em decorrência de sua atividade profissional. Entre 1995 e 2018, 64 jornalistas e comunicadores foram assassinados no país em razão do exercício da profissão, sendo que, em apenas metade dos casos, a investigação foi capaz de apontar os responsáveis e dar início a uma ação penal na Justiça.

Devido a polarização política que ferve atualmente em nosso país, não tem sido fácil exercer a profissão de jornalista e nem usufruir do direito constitucional de liberdade de imprensa, pois tem crescido o número de ameaças e agressões a jornalistas, principalmente quando fazem a cobertura jornalística de fatos políticos, do poder judiciário e nas manifestações populares.

Quando falamos de liberdade de imprensa, muitos acham que a censura afeta apenas os meios de comunicação e profissionais da área. Na realidade, qualquer forma de censura acarreta em prejuízos para toda a sociedade, por impedir o acesso do cidadão à informação que contribue com o seu desenvolvimento, com a tomada de decisão e a visão crítica da realidade que está inserido.

Uma imprensa livre é fundamental para a democracia e para o desenvolvimento social e econômico de um país. Por isso, cada um de nós temos o dever de respeitar e defender a liberdade de imprensa.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image